22 jan 2021

Em iniciativa inédita, Asgav lança programa de certificação de ovos

certificação


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Em uma iniciativa inédita, a ASGAV (Associação Gaúcha de Avicultura) lançou nesta quarta-feira (20/1) o Programa de Certificação de Ovos Plus Quality. A iniciativa se dá após um ano de levantamentos e construção dos requisitos de certificação e materiais técnicos.

O Programa vai certificar a produção de ovos para os sistemas Cage Free (aves livres de gaiolas), Free Range (livres de gaiolas com acesso a área externa), Caipira e Ovos de Codorna“A proposta de certificadora surgiu com o objetivo de amparar o produtor nas mudanças que estão acontecendo no mercado consumidor”, justificou José Eduardo dos Santos, que é presidente executivo da Asgav e Coordenador do Programa de Certificação.

Plus Quality

Uma pesquisa realizada no primeiro semestre de 2016 pela Ipsos, uma das maiores empresas globais de pesquisa e inteligência de mercado, demonstrou que 91% dos entrevistados acreditam que animais produzidos com bem-estar dão origem a produtos de maior qualidade. O levantamento ouviu duas mil pessoas no Brasil 2.000 (1,2 mil pessoalmente e mil via internet) e outras 1,5 mil pessoas no Chile, Colômbia e México.

Segundo dados da Organização Mundial da Indústria e Produção de Ovos (IEC – International Egg Comission), 89% da produção mundial ainda acontece em sistemas convencionais de gaiolas. “Mas as mudanças já estão em curso, vão continuar evoluindo e não podemos ficar de braços cruzados, deixando o setor vulnerável”, salientou Eduardo, que é representante do Brasil na IEC.

certificação

Santos destaca ainda que o Código de Bem-estar Animal para aves poedeiras da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) deverá ser concluído em 2021. O código servirá de diretriz para os países signatários da OIE.

“Ainda temos o compromisso de expandir a nossa produção de ovos para o mercado externo e acredito que, com essa nova ferramenta, vamos cada tecnificar cada vez mais nossa produção para poder expandir a exportação de ovos”, salienta o coordenador do Programa.

Ovos RS

O Programa de Certificação Plus Quality foi construído com base na experiência do Programa Ovos RS, iniciado em 2012 pela Asgav, como um modulo técnico para orientação e apoio aos produtores de ovos.

O Ovos RS traz medidas que devem ser adotadas pelos produtores, todas baseadas na legislação de sanidade, qualidade e inspeção. Os estabelecimentos e produtores que atendem 70% das exigências do Programa Ovos RS têm o direito de uso, nas embalagens de ovos, do selo referencial Ovos RS.

Ao longo de 2019 a equipe da Asgav reuniu informações importantes para a formatação do projeto, assim como realizou tratativas com o Instituto SENAI de Alimentos e Bebidas para participação na elaboração da metodologia e posterior condução dos trabalhos de certificação.

Já em 2020 foram realizadas as etapas de construção do escopo de avaliação, com as contribuições de um comitê consultivo formado por técnicos, pesquisadores e produtores, e validação dos trabalhos pelos organismos oficiais de regulamentação do setor, bem como formação de equipe de consultores e auditores.

A Certificação

free range

O Programa de Certificação Quality Plus, desenvolvido sob a coordenação da ASGAV, terá as auditorias executadas pelo Instituto Senai de Tecnologia em Mecatrônica, acreditado pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

“Nós tivemos essa preocupação de que a certificação fosse realizada por um organismo de independente e sem vínculos com o setor”, salientou Eduardo. Por sua vez, a gerente de operações do Senai/RS, Rafaela Laimer, destacou que o Programa foi criado e idealizado a partir de muito estudo e deverá ser continuadamente aprimorado.

“A gente acredita no produto”, salientou Rafaela. “Tenho certeza que vai contribuir muito com a indústria de ovos vai agregar muito valor à cadeia produtiva para atingir o objetivo de ampliar as exportações”, completou.

A iniciativa também é exaltada pela gerente executiva, do Instituto Ovos Brasil, Tabatha Lacerda. Segundo ela, todo o setor sempre foi muito cético em relação ao avanço dos sistemas alternativos de produção de ovos.

“Acabamos entendendo que era um passo necessário, estava todo mundo indo nessa direção”, salientou. “Sabemos que ainda há muita resistência a esse tema, mas é muito bonito ver isso partindo do próprio setor”, completou.

Segundo a consultora técnica, Raquel Melchior, a adesão à certificação é voluntária e já existem três empresas produtoras de ovos prontas para iniciar o processo. Ela informou ainda que o Programa oferece materiais técnicos e orientações sobre as etapas do processo de certificação.

A avaliação documental e in loco dos estabelecimentos é realizada por auditores independentes sob gestão do Instituto Senai. Após aprovado, o estabelecimento recebe orientações sobre o uso do Selo Plus Quality, além de um apoio para desenvolver estratégias de comunicação.

Os produtos certificados são monitorados pelo Programa nos pontos de venda. Além disso, o Programa também gerencia informações recebidas de consumidores e do Serviço Oficial. Mais informações sobre o Programa de Certificação podem ser acessadas clicando aqui.

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies