25 out 2021

Receita diária com exportações de frango cresce 62,82% neste mês de outubro



AUTOR(ES)

Priscila Beck

Até a 4ª semana deste mês de outubro, a média diária das receitas obtidas com as exportações de carne de aves e suas miudezas comestíveis, frescas, refrigeradas ou congeladas, foi 62,82% superior à média diária do mesmo mês de 2020. Segundo dados da SECEX (Secretaria de Comércio Exterior), ligada ao Ministério da Economia, até a 4a semana de outubro as exportações avícolas renderam US$32,61 milhões por dia, enquanto no mesmo mês de 2020, a média chegou a US$20,03 milhões.

Em volumes, até a 4a semana de outubro, o Brasil exportou 18,33 mil toneladas de produtos avícolas por dia, o que representa um crescimento de 23,81% sobre as 14,81 mil toneladas exportadas diariamente em outubro de 2020. Ao todo, em apenas 15 dias úteis, o Brasil exportou 275,08 mil toneladas de carne de aves em outubro de 2021, enquanto o volume total exportado durante todo o mês de outubro de 2020, foi de 296,24 mil toneladas.

exportações carne de frango

O preço pago por tonelada de produtos avícolas exportados em outubro de 2021, também ficou 31,51% acima dos valores praticados em outubro de 2020. Enquanto o preço médio até a 4a semana de outubro foi de US$1.778,37, o preço pago em outubro de 2020 ficou na casa dos US$1.352,30.

No acumulado até a 4ª semana do mês de Outubro, comparando com igual mês do ano anterior, o desempenho dos setores pela média diária foi o seguinte:

  • crescimento de US$ 36,19 milhões ( 25,9%) em Agropecuária;
  • crescimento de US$ 81,3 milhões ( 36,6%) em Indústria Extrativa e
  • crescimento de US$ 151,51 milhões ( 29,4%) em produtos da Indústria de Transformação (setor no qual está inserida a carne de aves).

Na Agropecuária, o aumento das exportações foi puxado pelos seguintes produtos:

  • Soja (+ 115,9% com aumento de US$ 51,33 milhões na média diária);
  • Café não torrado (+ 23,1% com aumento de US$ 5,37 milhões na média diária);
  • Frutas e nozes não oleaginosas, frescas ou secas (+ 20,2% com aumento de US$ 1,27 milhões na média diária);
  • Especiarias (+ 86,1% com aumento de US$ 1,04 milhões na média diária) e
  • Madeira em bruto (+ 54,5% com aumento de US$ 0,32 milhões na média diária).




MERCADO +

Data Produto Valor
14/01/2022 Congelado +
(kg)
R$ 6,06
14/01/2022 Resfriado +
(kg)
R$ 5,90

* ORIGEM BASTOS (SP)
Data Produto Valor
14/01/2022 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 109,45
R$ 117,77

* ORIGEM BASTOS (SP)

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Outubro de 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies