02 jul 2018

BRF: Reestruturação atinge Europa, Tailândia, Argentina e Brasil

BRF reduce actividades y suspende sacrificios de pollos en Brasil reestruturação europa, tailândia, argentina, brasil


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Priscila Beck

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A BRF deverá vender unidades operacionais na Europa, Tailândia e Argentina. A empresa também manterá seu Plano de Reestruturação fabril, que prevê a redução de cerca de 5% do quadro de funcionários nas operações no Brasil.

A medida faz parte do plano de reestruturação operacional e financeira da companhia, aprovado no último dia 29/6 em reunião do Conselho de Administração.

A venda das unidades da empresa na Europa, Tailândia e Argentina visa o fortalecimento das operações no mercado doméstico brasileiro, na Ásia e no mercado muçulmano. Trata-se de mercados onde a empresa ocupa posição de liderança e “tem fortes vantagens competitivas”, segundo informa o comunicado.

O mercado muçulmano é atendido pela BRF com plantas exclusivas, que incluem os ativos de Banvit, na Turquia. O plano de reestruturação da BRF também abrange a venda de ativos imobiliários e não operacionais, além de participações minoritárias em empresas. Uma outra iniciativa, conforme divulgado pela empresa, é a realização de operação de securitização de recebíveis.

A previsão, com essas medidas, é arrecadar aproximadamente R$ 5 bilhões.

A empresa pretende fazer com que a razão entre a dívida líquida e o EBITDA (Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization) chegue próximo de 4,35 x em dezembro de 2018, já considerando a recente alta do dólar e os impactos referentes às restrições parciais de exportação para o mercado externo. Para dezembro de 2019, a previsão do Conselho é de que a razão entre a dívida líquida e o EBITDA esteja em 3,00x.

Plano de Reestruturação

 

Juntamente com as iniciativas citadas acima, a BRF anunciou que manterá o plano de reestruturação fabril, com uma melhor gestão de estoques de matéria-prima (congelados) e de produto acabado.

 Em andamento desde março deste ano, a iniciativa incluiu readequação nas linhas de produção, férias coletivas e a redução de cerca de 5% do quadro de funcionários nas operações fabris no Brasil.

Segundo a empresa, ao longo dos próximos 60 dias, os ajustes finais serão implementados em 22 das 35 unidades fabris no País. Com o objetivo de minimizar os impactos dessas reduções nas comunidades locais, a BRF informa que adotou medidas como o aproveitamento dos desligamentos voluntários das plantas e a realocação das equipes.

A BRF tem buscado o diálogo com os produtores integrados afetados por essas medidas a fim de esclarecer dúvidas e informar sobre os próximos passos“, informa o comunicado emitido pela empresa.

A reestruturação não ficará restrita ao chão de fábrica, se estendendo à estrutura organizacional da empresa. A BR vai reduzir o número de vice-presidências de 14 para 10, dividindo-as em três grandes áreas:

  • Mercados: Brasil, Halal e Internacional;
  • Operacional: Operações, Planejamento Operacional (S&OP) e Qualidade;
  • Corporativas: Finanças e Relações com Investidores, Planejamento Estratégico e Gestão, Recursos Humanos e Serviços Compartilhados, e Institucional e Compliance.

Segundo o comunicado, o objetivo da alta administração da BRF é o retorno de suas ações ao ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) e Dow Jones Sustentability Index – Emerging Markets, que listam as empresas referência em sustentabilidade nas bolsas de São Paulo e Nova Iorque, respectivamente.

“Esse conjunto de medidas é pré-condição necessária para a formulação do planejamento estratégico da Companhia, que será aprovado até o final do próximo mês de agosto”, salienta a empresa, que anuncia também a reformulação do seus sistema de gestão.

Às 14h10 desta segunda-feira (2/7), as ações da BRF liderava o quadro de maiores altas, com uma valorização de 16,56%, ficando também em segundo lugar entre as ações mais negociadas.




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies