29 out 2019

BRF vai investir US$120 milhões em unidade na Arábia Saudita

brf arábia saudita


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

A BRF estima em US$120 milhões o valor de investimento para construção e operação de uma unidade de processamento de produtos de frango na Arábia Saudita. A informação foi divulgada em comunicado aos investidores na manhã desta terça-feira (29/10).

Segundo o comunicado, a BRF celebrou um Memorando de Entendimentos com a SAGIA (Saudi Arabian General Investment Authority), em caráter não-vinculante, contemplando o investimento.

“A BRF segue firme na consolidação de sua presença no mercado halal, uma de nossas prioridades”, salientou em suas redes sociais, o presidente global da BRF, Lorival Luz. “Estamos na Arábia Saudita há mais de 40 anos e, com este novo investimento, reiteramos nossa confiança nos planos de desenvolvimento do país e reforçamos nossa presença no mercado local”, completou.

A Companhia destaca que o investimento possibilitará à BRF expandir e consolidar sua presença no mercado saudita. O portfólio de produtos da nova fábrica incluirá empanados, marinados, hambúrgueres e outros.

Os produtos serão destinados majoritariamente ao mercado saudita, mas também poderão ser exportados para outros países na região. Ainda segundo o comunicado, o local, capacidade, fluxo de desembolso do investimento, estrutura de capital e demais condições relacionadas à nova planta “serão estabelecidas em breve, durante a fase de especificação do projeto”.

A empresa brasileira está trabalhando para reverter restrição dos sauditas a produtos processados em sua fábrica de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. O mercado saudita é abastecido em parte pela fábrica dos Emirados.

Recentemente, o diretor vice-presidente da BRF para o Mercado Internacional, Patricio Rohner, disse que dois frigoríficos da companhia foram suspensos, mas em compensação a empresa conseguiu habilitar outros três ou quatro.

No setor, as especulações são de que a suspensão também está ligada ao fato de que a Arábia Saudita está desenvolvendo – e protegendo – sua indústria local.

Em janeiro deste ano, a Arábia Saudita anunciou a suspensão das importações de carne de frango de cinco frigoríficos brasileiros. O serviço sanitário da Arábia Saudita, Saudi Food and Drug Authority, avaliou à época que as empresas não atendiam completamente os critérios técnicos para a venda do produto ao país.

mercado halal da BRF foi de 298 mil toneladas de frango no segundo trimestre de 2019. Do total, 40 mil toneladas são de produtos processados, como nuggets (foto), sendo 10 mil toneladas destinadas ao mercado saudita.

Última atualização 14:05

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies