12 dez 2019

Produção de frango deverá crescer 5% e exportações até 7% em 2020

carne de pollo 2019 2020


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A produção brasileira de carne de frango deverá crescer entre 4% e 5% em 2020, podendo chegar a 13,7 milhões de toneladas, segundo a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal). As expectativas de crescimento das exportações em 2020, por sua vez, giram entre 3% e 6%, devendo alcançar as 4,5 milhões de toneladas.

As informações foram divulgadas em entrevista coletiva realizada pela ABPA da manhã desta quinta-feira (12/12), em São Paulo (SP).

carne de frango 2019 2020

O elemento de maior influência sobre as expectativas de crescimento das exportações é a ocorrência da Peste Suína Africana na Ásia. Dados apresentados pela ABPA durante a entrevista coletiva, apontam que as 13 milhões de toneladas de carne suína perdidas na China em 2019, são quase o dobro do volume total do produto exportado no mundo em 2018 (8,362 milhões de toneladas).

A ocorrência refletiu em um aumento de 82% nos preços da carne suína na China em 2019, que neste ano também aumento suas importações em 43,6%. A perspectiva do Rabobank é de a China necessite 5 anos para estabilizar o abastecimento interno de proteínas do país.

2019

A perspectiva da Associação para 2019 é de fechamento do ano com um crescimento de 2,3% na produção de carne de frango (13,5 milhões de toneladas) e de 2,4% nas exportações (4,2 milhões de toneladas). Em relação ao consumo per capita no Brasil, o crescimento previsto é de 2,2%, saltando dos atuais 41,7 kg para 42,6 kg de carne de frango por pessoa/ano.

Em termos de receitascom as exportações brasileiras de carne de frango, Francisco Turra, que concedeu a última entrevista coletiva enquanto presidente da ABPA, destacou que em 2019 o país deverá começar a mudar a rota de descendência iniciada em 2015. Entre janeiro e novembro de 2019, a receita cambial das exportações alcançou US$6,358 bilhões, o que representa um aumento de 6,1% comparado ao mesmo período de 2018.

A grande novidade do mercado exportador da carne de frango brasileira, segundo Francisco Turra, foi o aumento de 37% nos volumes exportados à Ásia. Apenas a China concentrou 14% do volume total de carne de frango exportada pelo Brasil, sendo que as 513 mil toneladas importadas em 2019 representam um aumento de 28% em relação às 401 mil toneladas importadas em 2018.

Em termos de comportamento das exportações por Unidade Federativa, o Paraná continua sendo o maior exportador de carne de frango do Brasil, porém, segundo o presidente da ABPA, em 2019, o estado reduz o ritmo de crescimento da receita.

De janeiro a novembro de 2019, o estado do PR exportou 1,46 milhões de toneladas de carne de frango, 2% a mais que o volume exportado no mesmo período de 2018. Em termos de receitas no período, os US$ 2,389 milhões arrecadados pelo estado representam um crescimento de 7%, comparado ao mesmo período de 2018.

Ovos

As expectativas de crescimento do mercado de ovos para 2020 também foram apresentadas pela ABPA. Segundo a entidade, a produção que deverá chegar a 44,4 bilhões de unidades em 2019, deverá crescer entre 5% e 6% em 2020.

Em termos de consumo per capita, cada brasileiro deverá passar dos atuais 230 ovos para 240 no ano de 2020. Em termos percentuais, o aumento do consumo per capita deverá chegar à casa de 4%.




MERCADO +

DataProdutoValor
22/10/2020 Congelado +
(kg)
R$ 6,21
22/10/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 6,11

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
13 - 16/10/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,57
R$ 114,39

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies