13 abr 2021

Brasil é habilitado a exportar ovos in natura para Chile e Argentina

exportação de ovos argentina chile


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

O Brasil foi habilitado a exportar ovos in natura para o Chile e a Argentina. Segundo nota divulgada pela ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), na última quinta-feira (8/4), foram publicados os Certificados Sanitários Internacionais, que viabilizam esse comércio.

Os Certificados, segundo a ABPA, foram publicados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento brasileiro e são válidos para todos os estados, no caso da Argentina.  Já as exportações de ovos in natura ao Chile estão autorizadas a todos os estabelecimentos localizados no Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

exportação de ovos in natura argentina chile

Nos dois primeiros meses de 2021 o Brasil exportou 3,177 mil toneladas de ovos, o que representa quase 60% das 5,3 mil toneladas exportadas durante todo o ano de 2020Segundo a ABPA, o número supera em 150,6% o volume embarcado no primeiro bimestre de 2020 (1,267 mil toneladas).

Em receita, as vendas do setor de ovos chegaram a US$ 4,128 milhões nos dois primeiros meses deste ano, resultado 152,8% maior em relação ao registrado no mesmo período de 2020, com US$ 1,633 milhões.

Considerando apenas o mês de fevereiro, as vendas do setor chegaram a 1,552 mil toneladas, número 247,9% superior ao efetivado no segundo mês do ano passado, com 446 toneladas. Em receita, o resultado de fevereiro chegou a US$ 2,099 milhões, saldo 172,8% maior que os US$ 769 mil realizados no mesmo período comparativo.

Principal destino das exportações de ovos do Brasil, os Emirados Árabes Unidos foram destinos de 2,356 mil toneladas no primeiro bimestre deste ano, volume 209,7% superior ao registrado no mesmo período de 2020. Sem importações registradas em 2020, Serra Leoa assumiu o segundo lugar nas exportações brasileiras do produto neste ano, com 103 toneladas embarcadas. No terceiro posto, o Japão importou 89,2 toneladas, número 103% maior, segundo o mesmo período comparativo.

O fato de a Argentina e o Chile serem mercados geograficamente mais próximos que o atual principal importador de ovos in natura brasileiro, os Emirados Árabes Unidos, gera boas expectativas quanto a um incremento ainda maior das vendas do setor, segundo a ABPA.

“A proximidade dos mercados são facilitadores para as vendas do setor”, avalia Ricardo Santin, presidente da ABPA.  “O Brasil se consolidou como grande produtor e agora busca novas fronteiras para as vendas de ovos produzidos no país e com estes dois mercados viabilizados ontem, há boas expectativas de expansão dos negócios”, completa.




MERCADO +

Data Produto Valor
19/03/2021 Congelado +
(kg)
R$ 6,44
19/03/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,45

* ORIGEM BASTOS (SP)
Data Produto Valor
08 - 12/03/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 127,32
R$ 149,89

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies