06 set 2017

Bolívia: Software para Incubadoras de pintos de um dia

Implementan software para Incubadoras de pollitos BB en Bolivia Bolívia


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

O Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária e Segurança Alimentar (SENASAG) da Bolívia iniciou a emissão da guia de movimento de aves. As incubadoras que transportam pintos de um dia para as granjas registradas serão as primeiras a receber a guia de movimento.

Com o objetivo de garantir a qualidade da carne de frango na Bolívia, a primeira fase da emissão da guia de movimento de aves inicia com uma fase de teste, uma vez que entre 15 e 20 de setembro de 2017, representantes do SENASAG e produtores avícolas se reunirão para avaliar o sistema e a guia; e, se necessário, realizar alguns ajustes.

O chefe Nacional de Sanidade Avícola do SENASAG, Omar Benavides, informa que o software para a emissão da guia de movimento de aves já entrou em vigor.

Além disso, Benavides explica que o SENASAG capacitou todas as plantas de incubação do país para a utilização do software para emitir as guias de movimento de aves. Menciona ainda que na Bolívia existem 29 incubadoras que operam em nível nacional, das quais 23 estão no departamento de Santa Cruz e as 6 restantes estão localizadas em Cochabamba e La Paz. Estas incubadoras já estão imprimindo suas guias a partir de senhas de usuários para cada empresa e podem acessar o sistema web do SENASAG.

Impressão da guia
O chefe de sanidade avícola indica que “Uma vez que as incubadoras completaram seus dados no software, existe a opção de impressão para, assim, terem a copia original da guia, a mesma que deve acompanhar o veículo que transporta os pintos de um dia até as granjas”. Além disso, acrescentou que das 3.295 granjas existentes no país, aproximadamente 78% estão registradas. Portanto, o SENASAG realiza um convite aos avicultores que ainda não se registraram, a apresentarem-se à instituição com sua documentação para não serem prejudicados – LEO.

Registro de transferência de frangos terminados para abatedouros
A segunda fase contempla a concessão da guia de movimento de aves às granjas autorizadas para a transferência de frangos terminados aos abatedouros, para o que já existe um software desenvolvido do SENASAG; porém, antes disso, as granjas avícolas também devem estar registradas.

Registro de caminhões ou veículos de transporte
Os caminhões que transportarão os pintos de um dia também estarão registrados pelo SENASAG, além do nome e número da carteira de identidade dos condutores.
Segundo estabelece a Lei 830 de sanidade agropecuária e segurança alimentar, a guia de movimento de aves tem um custo de Bs12 (US$1,74) por caminhão de pintos de um dia. Este montante deve ser pago pelas empresas incubadoras em favor do SENASAG no Banco Unión – Bolívia Rural.

Cabe lembrar que, entre os pontos exigidos pelos avicultores há meses, precisamente está a guia de movimento de aves somente a granjas autorizadas, com a finalidade de diminuir a produção avícola e, assim, poder melhorar os preços da produção de frangos aos produtores. Outra pedido apresentado ao governo boliviano pelos avicultores é a busca de novos mercados de exportação, o que ainda não se conseguiu concretizar.




MERCADO +

DataProdutoValor
18/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,86
18/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,20

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies