17 jan 2019

Produtores da Bolívia voltam a enfrentar sobrepopulação de pintos de 1 dia

Bolivia: Por bloqueo mueren pollitos BB y cae producción de pollo y huevo


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Na Bolívia, a sobrepopulação de pintos de 1 dia está gerando perdas ao setor avícola, considerando os altos custos de produção e baixos preços de venda. Por essa razão, a Federação Nacional de Avicultores (FNA) daquele país determinou um prazo de quarenta e oito horas para que o governo boliviano realize uma reunião para discutir o problema.

O presidente dos avicultores, Edgar Sandoval, segundo cita o meio El Deber, afirmou: “Pedimos ao governo que em 48 horas nos dê uma resposta, pedimos uma reestruturação administrativa do Senasag, porque lamentavelmente as autoridades de agora não podem executar os planos, há falta de uma política de sanidade avícola”.

No mesmo meio de comunicação, aponta-se que as circunstâncias que atravessa o setor avícola do país é preocupante, já que novamente os preços estão inferiores aos custos de produção. O representante dos avicultores indicou ainda que, em Santa Cruz de la Sierra, o preço do quilo de frango vivo está em aproximadamente 5 bolivianos, enquanto o custo de produção chega aos 8,20 bolivianos.

Edgar Sandoval também destacou que há duas semanas o trabalho vem sendo desenvolvido sob prejuízos em consequência de não se haver instaurado políticas de sanidade avícola e o programa de produção nacional. Segundo o produtor, isso foi solicitado ao governo há muito tempo e até o momento nada foi feito, levando aos mesmos problemas novamente.

De acordo com os dados fornecidos pelo representante dos avicultores, Edgar Sandoval, e conforme informações obtidas do Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária e Inocuidade Alimentar (SENASAG), na Bolívia existe demanda para uma população de 17 milhões de frangos mensais. No entanto, estariam sendo produzidos 21 milhões de pintos de um dia. Além disso, destaca-se que há capacidade instalada para produzir 25 milhões de pintos de um dia, o que demonstra um claro excedente. 

Edgar Sandoval voltou a destacar que, há dois anos, se se vem trabalhando junto ao governo, através do Ministério de Desenvolvimento Rural e Terras, com o SENASAG reunindo dados sobre a produção do país para instaurar, o quanto antes possível, um plano de produção nacional para evitar a sobreprodução de pintinhos, porém, lamentavelmente, não tiveram bom resultado.

Da mesma forma, aponta-se que foi solicitada a aplicação de um plano para erradicar doenças de todas as granjas existentes no país, primordialmente, a Doença de Newcastle. Assim, segundo o líder dos avicultores, poderia se certificar os produtos avícolas para poderem ser exportados a preços competitivos.

Para concluir, o presidente da Federação Nacional de Avicultores da Bolívia, Edgar Sandoval, manifestou que, segundo cita o meio EL DEBER, foi solicitado ao governo que intervenha para que sejam restabelecidos os preços justos em relação ao custo mínimo de produção.

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies