07 maio 2018

Bolívia normatiza comercialização de pintos de um dia

Bolivia norma comercialización de pollitos BB por motivos de sanidad Bolívia


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Com o objetivo de regular a comercialização de pintos de um dia, o Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária e Segurança Alimentar (SENASAG) da Bolívia, realizou a reunião de coordenação com empresas que comercializam pintos de um dia em diferentes regiões do departamento de La Paz.

O SENASAG, braço operacional do Ministério de Desenvolvimento Rural e Terras MDRyT, realizou uma reunião com os comercializadores de pintos de um dia que distribuem a estabelecimentos avícolas da região dos yungas, terras altas e vales do departamento de La Paz.

O Chefe de Departamento do Programa Nacional de Sanidade Avícola (PRONESA), Héctor Quispe, destacou que o objetivo da reunião é informar sobre as diretrizes que a resolução administrativa 101/2015, regramento geral da avicultura, estabelece sobre a transferência de pintos de um dia, para que os comercializadores não incorram em sanções graves.

A reunião tem como objetivo informar sobre as diretrizes para transferência de pintos de um dia e, desta maneira, prevenir que os comercializadores destas aves incorram em sanções severas.

“Estamos informando aos comercializadores que os controles de transferência de pintos de um dia serão mais rigorosos, pois 80% das granjas já estão com registro legal e os pintinhos que não tenham guias de transferência serão retidos em postos de controle”, destacou o representante do PRONESA, Héctor Quispe.

Vale lembrar que, ante as fortes perdas do setor avícola boliviano ano passado, os produtores do país se reuniram com autoridades do Ministério de Desenvolvimento Produtivo e Economia Plural e do Ministério de Desenvolvimento Rural e Terras. Nesta reunião foi acordado o planejamento da produção máxima de 16,5 milhões de frangos mensais e o registro das granjas avícolas, para que os pintos de um dia só cheguem aos estabelecimentos registrados pelo SENASAG.

Estes controles são realizados pelo PRONESA, com o propósito de evitar que os pintos de um dia tenham algum tipo de doença como: bronquite infecciosa, influenza aviária, Doença de Newcastle, que são as mais comuns em frangos. Além disso, as sanções chegam a 5 milhões de bolivianos (Bs) para os que não cumprirem a normativa aviária.

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies