05 mar 2018

Bolívia adota medidas para preservar status sanitário avícola

Desequilibrio entre oferta y demanda: Cae precio de pollo boliviano


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

O Ministério de Desenvolvimento Rural e Terras (MDRyT) da Bolívia, através do Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária e Segurança Alimentar (SENASAG), adotou medidas para reduzir riscos sanitários em granjas avícolas diante de questões climáticas.

Com o objetivo de proteger a sanidade avícola nos municípios de Quillacollo e Punata (Cochabamba), após as intensas chuvas e transbordamento de rios, o governo nacional está adotando medidas com o objetivo de reduzir os riscos sanitários em toda a região do Valle Alto e Valle Central.

Por esta razão, o Ministério de Desenvolvimento Rural e Terras, através do Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária e Segurança Alimentar (SENASAG), dentro de Programa Nacional de Sanidade Avícola PRONESA, realizou uma jornada de trabalhos de inspeção e verificação em estabelecimentos avícolas afetados pelas inundações, quando cerca de 18.500 frangos de granja morreram.

O coordenador regional do PRONESA, Willy García Blanco, destacou que a perda desta espécie, significa um risco para os produtores do Departamento e ressaltou que a visita a estas granjas é realizada com o objetivo de minimizar os riscos sanitários e a contaminação ambiental das áreas afetadas.

“Junto com o pessoal técnico do SENASAG, realizamos o aterramento sanitário em conjunto com os municípios de Quillacollo e Punata, assim como com a ajuda de maquinário”, explicou García, destacando que com estes mecanismos de trabalho evita-se a contaminação ambiental consequentes das intercorrências climáticas. Antecedentes O Município de Punata é parte da província de mesmo nome, cuja vocação produtiva é a agricultura com ampla variedade de produtos como o milho, trigo, cevada, alfalfa, batata e outros. Ainda assim, o município de Quillacollo, província Quillacollo, tem uma tradição ancestral na produção de milho, batata, amaranto e quinoa, característicos de culturas andinas originais e introduzidas. Nas últimas semanas, as intensas chuvas nestes municípios bolivianos provocaram inundações, perda de produção avícola e outros da mesma magnitude.




MERCADO +

Data Produto Valor
19/03/2021 Congelado +
(kg)
R$ 6,44
19/03/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,45

* ORIGEM BASTOS (SP)
Data Produto Valor
08 - 12/03/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 127,32
R$ 149,89

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies