13 ago 2020

Biossegurança: Protegendo nossos rebanhos para sustentar a cadeia de suprimentos

Algis Martinez

A proteção da saúde animal é de suma importância para a economia e o suprimento de alimentos de qualquer país. Animais em bom estado de saúde é um requisito importante para um país participar dos mercados globais de proteínas. Existem uma série de doenças animais emergentes e reemergentes que são motivo de preocupação e que podem afetar a adequação do suprimento de alimentos para uma crescente população mundial e têm implicações enormes no comércio global.  Infelizmente, as doenças zoonóticas, incluindo a gripe aviária, continuam ressurgindo em algumas áreas específicas do mundo, causando alta morbidade e mortalidade em aves. Em alguns casos, surtos de doenças zoonóticas podem afetar a cadeia de suprimentos e, consequentemente, reduzir a disponibilidade de alimentos para os consumidores.

Algumas indústrias, mais do que outras, ainda enfrentam problemas com doenças como a doença de Newcastle (ND), a doença infecciosa da bolsa (IBD), bronquite infecciosa (IBV) e laringotraqueíte infecciosa (ILT).  Além dos custos arcados diretamente pelos produtores de proteínas, são incorridos custos adicionais em nível global quando há uma interrupção na disponibilidade internacional de carne de aves, ovos e / ou pintinhos.

Na Cobb, estamos comprometidos em produzir e fornecer um suprimento seguro e protegido de matrizes de aves para nossos clientes em todo o mundo. Os componentes de nossos programas de biossegurança foram certificados por agências independentes, incluindo o Plano Nacional de Melhoramento Avícola (NPIP, sob os auspícios da USDA nos EUA); o Plano de Saúde Avícola do Departamento de Meio Ambiente, Alimentos e Assuntos Rurais (DEFRA no Reino Unido); a Autoridade de Segurança de Alimentos e Produtos de Consumo (Holanda); e o Programa Nacional de Sanidade Avícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (PNSA do MAPA no Brasil). Essas organizações realizam auditorias e monitoramentos regulares dos programas de saúde de nossas operações de criação de aves.

 

Testes regulares são a chave para um programa de biossegurança que protege nossa cadeia de suprimentos contra surtos de doenças há décadas. Um excelente exemplo é a nossa participação no programa de limpeza da gripe aviária do Plano Nacional de Melhoria das Aves (NPIP). Temos a certificação por sermos livres de Gripe Aviária neste plano nacional e todos os rebanhos são testados contra gripe aviária a cada 3 semanas. Como participante certificado, este programa permite que a Cobb atenda aos requisitos de importação contra a gripe aviária para a maioria de nossos parceiros comerciais.

Como uma empresa global que produz material genético para clientes em todo o mundo, trabalhamos duro para evitar interrupções em nossa cadeia de suprimentos. A Cobb possui instalações de produção com pedigree, linhagens de bisavô, avós e incubatórios estrategicamente localizados em todo o mundo. Utilizamos uma rede de mais de 60 distribuidores para enviar nossos produtos. Além disso, temos o compartimento de nossas operações no Brasil, Reino Unido e EUA, seguindo as diretrizes da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Essas medidas ajudam a garantir a segurança e a disponibilidade de nossos produtos em caso de doenças, surtos e outras possíveis interrupções em nossa cadeia de suprimentos, desde que haja um acordo bilateral em que o país receptor reconheça os compartimentos certificados no país exportador.

Programas rigorosos de biossegurança são a base de nossa estratégia de gerenciamento de riscos. Nossos protocolos de biossegurança excedem os requisitos da maioria dos programas governamentais, portanto, os agentes importadores têm um alto grau de confiança em nossos produtos. A excepcional biossegurança nos permite distribuir matrizes para mais de 120 países. Saiba mais sobre nossos programas de biossegurança em https://www.cobb-vantress.com/en_US/biosecurity/na/english/.

Uma parte importante da cadeia de suprimentos é o processo de exportação. Um planejamento cuidadoso e a documentação são fundamentais para fornecer um produto de qualidade a clientes internacionais sem atrasos. Nossa equipe de especialistas em exportação segue protocolos rigorosos de biossegurança e trabalha com cuidado para atender aos requisitos exclusivos de cada país, incluindo documentação especial e / ou testes adicionais. Para tornar o processo de exportação mais eficiente, fomos pioneiros no uso de um sistema eletrônico de certificação sanitária para aves de um dia de vida em coordenação com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). A Cobb serviu como a primeira empresa piloto desse modelo no Canadá e na Guatemala. Desde então, o programa se expandiu para incluir a maioria dos países do mundo e utiliza processamento parcial ou totalmente eletrônico.

Houve um reconhecimento crescente da importância de práticas estritas de biossegurança e incentivamos todos os produtores a se concentrarem na construção e manutenção de uma cultura de biossegurança. O treinamento dos membros da equipe da granja e do incubatório é uma parte fundamental da construção da cultura de biossegurança, considerando que os trabalhadores são conhecidos como a fonte mais comum de transmissão de doenças. Os motoristas de entrega de pintinhos também aderem aos nossos protocolos de biossegurança, permitindo a entrega de produtos aos clientes em nossos mercados domésticos, portanto não há preocupações em termos de doenças. Também existe uma política de tolerância zero para todos os membros da equipe para impedir o contato direto ou a interação com aves de fora da instalação de produção. Esse é de longe um dos princípios mais importantes da biossegurança.

Neste mundo integrado e dependente, um rigoroso programa de biossegurança é essencial para evitar desastres econômicos e da cadeia de suprimentos decorrentes de doenças animais. Ao perceber os perigos e riscos de doenças avícolas em sistemas comerciais de produção de aves, os avicultores têm trabalhado para entender a relação custo-benefício da implementação e manutenção de um programa eficaz de biossegurança. 




MERCADO +

DataProdutoValor
22/09/2020 Congelado +
(kg)
R$ 5,91
22/09/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 5,98

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
14 - 18/09/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 84,55
R$ 101,26

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies