AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Segundo as estatísticas da Federação Nacional de Avicultores (Fenavi) da Colômbia, em 2017 o setor avícola teve um crescimento de 6,4% comparado a 2016. A cada dia os colombianos consomem mais ovos e mais carne de frango, fazendo destas duas proteínas a base fundamental de sua alimentação.

Durante o ano 2017, o consumo de ovos alcançou a cifra recorde de 13.827 milhões de unidades, um crescimento de 7,7% em relação ao ano anterior.

De acordo com a Fenavi, em 2017 os colombianos consumiram a cifra histórica de 13.827 milhões de unidades de ovos. Isso significa um consumo mensal de mais de 1.150 milhões de ovos, um crescimento de 7,7% em comparação a 2016.

O presidente executivo da Fenavi, Andrés Valencia, destaca que “estes números nos colocam em terceiro lugar na América Latina, atrás do México e Brasil”.

O consumo per capita foi de 279 unidades em 2017, 16 ovos a mais que no ano passado, consolidando o ovo como a terceira proteína mais consumida no país, após a carne de frango e de boi, com uma produção de cerca de 830.000 toneladas. Segundo a Fenavi, o ovo será muito em breve a segunda proteína mais consumida no país, superando a carne de boi.

“Nossas estratégias de consumo, somadas ao alto valor nutricional do ovo e seu baixo preço, nos aproximam cada vez mais ao consumo de um ovo por dia, meta que alcançaremos antes de 10 anos”, opina Andrés Valencia.

Em 2017, a carne de frango também obteve uma cifra histórica, com 1.563.568 toneladas, alcançando um crescimento de 5,7% em relação a 2016.

O consumo de carne de frango também vem aumentando. Para 2017 chegou-se ao recorde de 1.563.568 toneladas. “Isto significa um crescimento de 5,7% no setor de frango em relação ao ano anterior”, explica o presidente executivo da Fenavi, Andrés Valencia.

Em 2017 alcançou-se a um consumo per capita de frango de 32,8 quilos e, para 2018, espera-se que esse número continue aumentando. Na Colômbia há uma margem ampla de crescimento comparado ao consumo de frango de países como Chile ou Brasil, onde o consumo per capita supera os 40 quilos.

“O número do consumo de carne de frango consolida a proteína como a preferida entre as carnes consumidas pelos colombianos. Nossos estudos de mercado ratificam o êxito da campanha ‘Me gusta el Pollo a toda Hora’ e, em todos os estratos sócio-econômicos, o frango é a carne preferida”, comenta o presidente-executivo da Fenavi.

Reposição de plantel
A dinâmica de reposição dos planteis com pintos de um dia é uma variável que permite analisar tanto a situação real do mercado, como as expectativas a curto e médio prazo. Apresenta o número de aves que entrou nas granjas para iniciar seu ciclo produtivo, chegando a mais de 817 milhões de aves, ou seja, 20 milhões a mais que no ano anterior, representando um crescimento de 2,6% comparado a 2016.

Em 2017, o número de pintos de um dia que adentrou as granjas de frangos de corte aumentou em 774 milhões de aves, ou seja, um crescimento de 2,3%, enquanto o de ovo chegou a 43 milhões de aves, ou seja, um crescimento de 8% em relação ao ano anterior.

O impacto da inflação negativa, menor rentabilidade para os avicultores
Diante do comportamento da inflação dos produtos avícolas, o preço do frango e do ovo apresentam um resultado negativo no decorrer do ano.

Em novembro de 2017, segundo dados da Direção Nacional de Estatística (DANE) da Colômbia, a inflação apresenta, em termos de carne de frango, um resultado de -2.23% e, de ovos, -4.91%. Isto se traduz, na perspectiva do produtor, simples e claramente em menor lucro.

No entanto, a avicultura se tornou a pedra angular para impulsionar a economia agropecuária no país, gerar melhores condições vida para o campo, oferecer oportunidades de emprego e entregar aos colombianos dois produtos como são a carne de frango e o ovo, de excelente qualidade e a preços muito acessíveis; com a firme intenção de ser a indústria que alimenta a Colômbia.




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies