07 maio 2018

Avicultura Argentina recupera os preços de seus produtos

Avicultura Argentina recupera los precios de sus productos


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Durante os dois últimos meses, a avicultura argentina conseguiu recuperar os preços de seus produtos entre 50% e 60% após dois anos sem recuperar o valor.

A informação foi passada à agência de notícias argentina, Telám, pelo presidente da Câmara Argentina de Produtores Avícolas (CAPIA), Javier Prida. “Hoje estamos bem”, destacou. “Tivemos nos últimos dois meses uma recuperação de preços entre 50% e 60% e isso nunca pode ser negativo”, completou.

O presidente da CAPIA destacou ainda que “É preciso levar em consideração que estivemos 30 meses sem recuperar preços, ou seja, não viemos com esse nível de aumento”.

Ele também afirmou que a produção argentina de frango chega a 2,1 milhões de toneladas, das quais apenas 12% são exportadas.

Na cesta básica dos argentinos, a carne de frango tem uma participação de 45 quilos anuais de consumo per capita.

Ao mesmo tempo, o setor de postura produz aproximadamente 13 bilhões de ovos ao ano – cerca de 2.900 toneladas, o que supõe um consumo per capita de 281 ovos ao ano.

Por outro lado, Javier Prida esclareceu que a intenção “é continuar melhorando a interação público-privada” para o desenvolvimento da avicultura, especialmente o setor de postura com a produção de ovos.

O presidente da Câmara Argentina de Produtores Avícolas (CAPIA) expressou que” há pouco o ministro da Agroindústria, Luis Miguel Etchevehere, anunciou sua intenção de criar a Mesa Nacional do Ovo, o que nos parece muito boa proposta”.

“Como setor estávamos esperando poder contar com um espaço assim para discutir todos os problemas e buscar soluções em conjunto”, afirmou Etchevehere.

Por outro lado, o líder da CAPIA aludiu que “Na segunda semana de maio acontecerá a décima edição da Expo Avícola en Conjunto con Porcinos, que reúne as principais referências das duas cadeias, que apostam em consolidarem-se enquanto alguns dos setores com maior geração de empregos do setor agroindustrial”.

Ele também ressaltou que esta é a única feira conjunta especializada em temas produtivos, industriais e de comercialização do setor de ovos, frango e suíno, que será realizada no Costa Salguero.

“Estamos muito entusiasmados com esta edição, que vai contar não só com convidados e expositores da Argentina, como também do Peru, Colômbia e Brasil”, comentou o presidente da Capia.

Além disso, ressaltou que para a 10ª Exposição e Conferências Avícola en Conjunto con Porcinos, até o momento, conta com 125 estandes confirmados incluindo a participação de expositores dos Estados Unidos, França, Espanha e Itália.

Simultaneamente, destacou que nesta edição haverá um Seminário Internacional de Ciências Avícolas, que acontece a cada dois anos e que nesta oportunidade coincide com a retomada da avicultura argentina.

A Câmara Argentina de Produtores Avícolas (CAPIA) é a entidade organizadora da décima primeira Exposição e Conferências Avícola en Conjunto con Porcinos, que acontece entre 8 e 10 de maio, no Centro Costa Salguero, Buenos Aires, Argentina.

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies