11 mar 2019

Indústrias avícolas realizam US$ 41,5 mi em negócios em feira no México

México negócios indústrias avícolas brasileiras abpa apex-brasil


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

US$ 41,5 milhões foi o montante gerado pelas vendas realizadas por seis indústrias avícolas brasileiras durante a Expo Carnes Y Lacteos 2019, realizada entre 26 e 28 de fevereiro, em Monterrey, no México. A expectativa é que mais de US$ 100 milhões em exportações sejam concretizados a partir dos contatos efetivados durante a feira.

Agroaraçá, C. Vale, Copacol, Lar, Seara e Zanchetta participaram de uma ação organizada pela ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Os valores em negócios foram apurados a partir de levantamentos feitos pela Associação junto às exportadoras que participaram da iniciativa.

Num espaço exclusivo da ABPA. foram realizadas reuniões com importadores e potenciais clientes, além de ações para fortalecer as relações entre o setor de proteína animal do Brasil e o mercado mexicano. Reuniões com stakeholders foram acompanhadas pela divulgação de materiais promocionais, com informações sobre os diferenciais do setor produtivo brasileiro, como a qualidade dos produtos, o status sanitário e o perfil sustentável da produção.

“Os números atestam o sucesso na ação liderada pela ABPA no México”, analisa Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA. “Dentro do objetivo de fortalecer nossa posição no auxílio à segurança alimentar mexicana, a ação em Monterrey cumpriu plenamente seus objetivos, gerando também novas oportunidades para os exportadores brasileiros”, completa.

O México é o décimo maior importador de carne de frango do Brasil, sendo destino de 111,2 mil toneladas em 2018 (equivalente a 2,8% de tudo o que o Brasil embarcou no período).  Os negócios com os mexicanos seguem em crescimento em 2019, com elevação de 30% nas importações em janeiro deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), as exportações brasileiras deverão crescer cerca de 1,3 % em 2019. O aumento deve-se, principalmente, aos maiores embarques projetados para novos mercados como Coreia do Sul, Chile e México, além da maior demanda por carne de frango por parte da China.

Esse conteúdo foi útil para você? Cadastre-se para receber nossa newsletter semanal!

Com informações da Assessoria de Imprensa da ABPA




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies