02 ago 2019

Milhares de aves morrem no México após 4 novos focos de Influenza Aviária

Influenza Aviar


Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A OIE (Organização Mundial para a Saúde Animal) comunicou em 27 de julho, que foram detectados quatro novos focos do vírus da Influenza Aviária altamente patógena H7N3 em granjas comerciais e aves de fundo de quintal, no México. Os focos situam-se em em Coacoatzintla, Veracruz; Colón, Querétaro; Dolores Hidalgo, Guanajuato; e Pedro Escobedo, Querétaro.

 

A informação foi passada em 27 de julho à OIE, pelo Dr. Juan Gay Gutiérrez, Diretor Geral de Saúde Animal, do SENASICA (Serviço Nacional de Sanidade, Inocuidade e Qualidade Agroalimentar), ligado à Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural da Ciudad de México.

Nos quatro focos do vírus da Influenza Aviária altamente patógena (H7N3) foram detectadas 195.852 aves suscetíveis, com 10.028 casos, 4.282 mortes e 17.407 aves submetidas a abate sanitário. Os focos da infecção de IA foram encontrados em aves de fundo de quintal, sendo desconhecida, ou não concluente a fonte do foco. O evento concerne a regiões definidas dentro do território mexicano.

 

Natureza do diagnóstico

Clínico, Testes avançados de diagnóstico de laboratório (ex. virologia, microscopia eletrônica, biologia molecular e imunologia).

 

Detalhe de Informação sobre os quatro focos

 

Foco 1Coacoatzintla, Veracruz
Data de início do foco29/06/2019
Status do focoResolvido (02/07/2019)
Unidade epidemiológicaFundo de Quintal
Animais afetadosEspéciesSuscetíveisCasosMortosAbatidos e eliminadosSacrificados
Aves25133220

População afetada – Foco 1 –  Coacoatzintla, Veracruz

Trata-se de um estabelecimento de com 25 aves de fundo de quintal, detectado pela notificação de mortalidade em aves, com sinais clínicos de Influenza Aviária de Alta Patogenicidade (cianose, edema e tumefação da crista e barbilhas, morte súbita).

 

 Foco 2Colón, Queretaro
Data de início do foco03/07/2019
Status do focoContinua (ou não foi informada a data de fechamento)
Unidade epidemiológicaExploração comercial
Animais afetadosEspéciesSuscetíveisCasosMortosAbatidos e eliminadosSacrificados
Aves174.16310000

População afetada – Foco 2 – Colón, Querétaro

Resultante da vigilância epidemiológica, foram colhidas amostras de esfregaços traqueais em uma granja de engorda sem apresentação de sinais clínicos.

 

 

Foco 3Dolores Hidalgo, Guanajuato
Data de início do foco10/07/2019
Status do focoResolvido (13/07/2019)
Unidade epidemiológicaFundo de Quintal
Animais afetadosEspéciesSuscetíveisCasosMortosAbatidos e eliminadosSacrificados
Aves205416

População afetada – Foco 3- Dolores Hidalgo – Guanajuato

Trata-se de um prédio de com 20 aves de fundo de quintal, onde foi notificada alta mortalidade em aves, com sinais clínicos sugestivos de Influenza Aviária de Alta Patogenicidade (cianose, edema e tumefação de crista e barbilhas, morte súbita).

 

Foco 4Pedro Escobedo, Querétaro
Data de início do foco11/07/2019
Status do focoResolvido (18/07/2019)
Unidade epidemiológicaExploração
Animais afetadosEspéciesSuscetíveisCasosMortosAbatidos e eliminadosSacrificados
Aves21.64410.0004.27517.3690

População afetada – Foco 4 – Pedro Escobedo, Querétaro

Granja com 21.644 aves reprodutoras leves, com notificação de alta mortalidade em aves, com sinais clínicos sugestivos de Influenza Aviaria de Alta Patogenicidade (cianose, edema e tumefação de crista e barbilhas, morte súbita).

 

 

Resumo dos focosTotal de focos: 4
Número total de animais afetadosEspéciesSuscetíveisCasosMortosAbatidos e eliminadosSacrificados
Aves195.85210.028 4.28217.4070
 Estatística dos focos:EspéciesTaxa de morbilidade aparenteTaxa de mortalidade aparenteTaxa de letalidade aparenteProporção de animais suscetíveis perdidos
Aves5,12%2,19%42,70%     11,07%

*Descontados da população suscetível a partir de sus morte, destruição ou sacrifício

 

Epidemiologia

  • Fonte do ou dos focos, ou origem da infecção
  • Desconhecida, ou não concluinte

 

Detalhes epidemiológicos ou comentários

– Como resultado da vigilância epidemiológica, foi identificado um foco em uma produção de corte no município de Colón, estado de Querétaro, onde as aves não apresentavam sinais clínicos.

– Também houve a notificação de mortalidade de dois focos em unidade de aves caipiras, nos estados de Veracruz e Guanajuato, além de outro foco em uma produção de reprodutoras leves com sinais clínicos sugestivos de Influenza Aviária de Alta Patogenicidade (cianose, edema e tumefação na crista e barbilhas, morte súbita).

Nos quatro focos, realizou-se o isolamento viral e implementou-se a quarentena. A totalidade das aves foi sacrificada, eliminados os cadáveres, produtos e dejetos em três dos focos reportados, enquanto no foco do município de Colón, Querétaro, continua em processo.

Foram obtidos os títulos do IPIV dos focos de Santa Cruz de Juventino Rosas, Guanajuato (2,41); Coacoatzintla, Veracruz (2,25) y Colón, Querétaro (2,29). Os estados de Querétaro, Veracruz e Guanajuato têm uma condição sanitária como de escassa prevalência, onde se aplica a vacina contra o vírus da influenza aviária H7N3, com autorização prévia do SENASICA.

 

Medidas de Controle

Medidas implementadas

  • Restrição dos movimentos no interior do país
  • Vigilância fora da área de contenção, ou de proteção
  • Vigilância dentro da área de contenção, ou de proteção
  • Quarentena
  • Eliminação oficial de carcaças, subprodutos e dejetos de origem animal
  • Vacinação autorizada (se existe vacina)
  • Nenhum tratamento dos animais afetados

 

Medidas a implementar

  • Abate sanitário
  • Desinfecção
  • Sacrifício
  • Inspeção ante e post-mortem

 

Informes futuros

Informes semanais de acompanhamento serão enviados. O episódio continua

 

Mapa da localização dos focos

Tras 4 nuevos focos de Influenza Aviar: Mueren miles de aves en México




MERCADO +

DataProdutoValor
26/02/2021 Congelado +
(kg)
R$ 6,09
26/02/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,11

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
17 - 19/02/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 129,66
R$ 153,48

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil dezembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies