23 jan. 2018

Marketing & Economia

Marketing & Economia

Aurora Cage Free

Aurora: a partir de 2025, só ovos de galinhas livres de gaiola


Escrito por: Priscila Beck

A Cooperativa Central Aurora Alimentos anunciou em Chapecó, nesta semana, o compromisso de, até 2025, completar a transição para que 100 % dos ovos utilizados em sua cadeia de suprimentos sejam oriundos de galinhas livres de gaiolas. A iniciativa complementa o que já havia sido declarado pela empresa no final de 2017, sobre não adotar e não aceitar galinhas enclausuradas.

Segundo a assessoria de imprensa da Aurora, foi feito um levantamento de informações junto aos parceiros comerciais da empresa. Na ocasião, constatou-se que a JBS S.A. era a única empresa fornecedora de produtos à base de ovos e que até 2020 estaria adotando 100% de ovos ou derivados provenientes de poedeiras criadas livres de gaiolas.

A empresa informa que desde 2008 adota e aplica políticas de bem-estar animal nas cadeias produtivas de aves e suínos, sendo “a primeira empresa brasileira a aderir ao programa de abate humanitário recomendado pelo Ministério da Agricultura”.

O diretor de agropecuária da Aurora, Marcos Antônio Zordan, aponta que o compromisso alcança toda a estrutura de produção do grupo que congrega hoje 13 Cooperativas filiadas, mais de 70 mil famílias rurais e milhares de parceiros comerciais de pequeno, médio e grande portes. A Aurora é o terceiro maior grupo brasileiro do setor de alimentos cárneos.

Em 2017, Bunge e Hemmer, dois dos maiores produtores de maionese do Brasil, anunciaram uma política livre de gaiolas, como fez a Casa do Pão de Queijo (CPQ), a principal cadeia de cafeteria no Brasil e proprietária das marcas de restaurantes ‘Casa do Pão de Queijo’ e ‘O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo’. Os compromissos livres de gaiolas também foram feitos pelos provedores brasileiros de serviços de alimentação Apetit Serviços de Alimentação e LC Restaurantes.

A Starbucks confirmou que a política livre de gaiolas abrange o Brasil e a gigante do agronegócio, Brasil Foods (BRF), também anunciou um compromisso 100% livre de gaiolas até 2025.

Com informações da MB Comunicação

 

Deja tu comentario