18 maio 2017

Arábia Saudita enviará delegação ao Brasil para prospectar negócios



AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

A Câmara de Comércio em Riad, Arábia Saudita, deverá preparar uma delegação para visitar o Brasil com o objetivo de prospectar negócio. O interesse foi manifestado no último dia 17/5, pelo vice-presidente da Câmara de Comércio, Abdullah Mansour Al Shathry, durante mesa redonda, da qual participou o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi.

O Ministro, que este acompanhado por uma equipe do Mapa e empresários brasileiros, fez um relato sobre oportunidades de negócios e a importância da agropecuária no Brasil. Do total da carne de frango importada pela Arábia Saudita, 88% é de origem brasileira, segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

A reunião antecede o encontro (B2B ou business-to-business) entre empresários brasileiros e sauditas, para discussão de projetos de investimento em áreas específicas do agro. Al Shathry considerou positivas as informações apresentados pelo ministro e disse que “se continuar, dessa forma, o Brasil será uma das cinco economias do mundo, em breve”.

“O objetivo dessa viagem é ampliar os nossos negócios e agradecer pela oportunidade que nos deram nos últimos anos e pela confiança em nosso país”, disse Maggi. “Nós vivemos um momento de grandes transformações políticas e sociais também. O ministro destacou a participação de destaque no mercado mundial de alimentos e a capacidade dos brasileiros de lidar com diferentes costumes. “Isso fica demonstrado nos números da balança comercial, como o superávit agrícola”, observou.

Maggi informou sobre a legislação ambiental, a importância da preservação de 60% do território e de novas formas de produção integrada de lavoura e pecuária. E ainda sobre a sanidade da produção. “Seguimos todas as regras mundiais de segurança e de qualidade”. Como a água é escassa na Arábia Saudita, a estratégia do país atualmente é preservá-la para consumo humano e investir na produção agropecuária em locais que tenham áreas e recursos naturais abundantes.

Depois, Blairo Maggi foi recebido pelo seu colega Abdulraman Al-Fadly, titular da pasta do Meio Ambiente, Água e Agricultura (MEWA). Ambos reafirmaram compromissos da Arábia Saudita e do Brasil de seguirem firmes na cooperação para o comércio e a segurança alimentar. Abdulrahman al Fadly revelou interesse em aumentar parceria com empresas brasileiras.

O ministro visitou o SFDA – Saudi Food and Drug Authority, autoridade saudita para a defesa agropecuária, onde agradeceu o CEO da Saudi, Hisham bin Saad Al Jadhley, pela compreensão e suporte recebidos durante os eventos relacionados à Operação Carne Fraca. A visita teve um simbolismo importante, de reafirmar laços de cooperação e de fortalecer a aproximação com o maior parceiro comercial no Oriente Médio, considerou o presidente da Embrapa. É mais uma etapa da “diplomacia para a cooperação e o comércio” que vem sendo executada pelo Mapa em parceria com o Itamaraty, disse Maurício Lopes.

Em missão ao Oriente Médio, Maggi esteve no Kuwait e visitará ainda Emirados Árabes e Catar. O ministro viaja acompanhado do presidente da Embrapa, Maurício Lopes, e do secretário de Relações Internacionais do Mapa, Odilson Silva.




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies