08 dez 2017

África oficializou hoje abertura de mercado aos ovos brasileiros

África exportações de ovos em 2018


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Foi oficializada hoje (8/12) a abertura do mercado da África do Sul aos ovos brasileiros (in natura e processado). A oficialização se deu a  partir de um comunicado do Ministério da Agricultura, Floresta e Pesca da África do Sul (DAFF) à Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Segundo o Mapa, a finalização das negociações entre os dois países dependia apenas do Certificado Sanitário Internacional (CSI) para respaldar os embarques brasileiros. Com isso resolvido, a autoridade sanitária sul-africana já pode emitir as Permissões de Importação, o que viabiliza o início imediato dos negócios.

No início do último mês de novembro, o Ministério da Agricultura divulgou que a demanda inicial é de 25 contêineres (30 mil caixas) semanais de ovos in natura (líquido). Na ocasião, foi informado que o primeiro fornecedor do produto deverá ser a Netto Alimentos, instalado no interior de São Paulo, que já fornece ovo líquido para a Arábia Saudita, Emirados Árabes e  Guiné Equatorial.

O produto brasileiro chega à África do Sul em até 19 dias, o que representa vantagem em relação a fornecedores dos Estados Unidos, já que o tempo de entrega deles é de 31 dias. O Brasil já exporta ovos para mais de 50 países, com remessas equivalentes a US$ 110 milhões em 2016.

Segundo o secretário de Relações Internacionais, Odilson Luiz Ribeiro e Silva, “o início das exportações brasileiras de ovos in natura e ovos processados para África do Sul reitera a qualidade e sanidade do produto brasileiro e contribuirá para o fortalecimento do setor agropecuário, ampliando e diversificando as exportações“.

Segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o mercado sul-africano ascendeu como potencial parceiro nos negócios de exportação do setor após a participação brasileira na Anuga, maior feira de alimentos do mundo.

O Brasil está negociando, também, com o ministério sul-africano modelo de Certificado Zoosanitário Internacional (CZI) a ser utilizado nas exportações brasileiras de material genético avícola (ovos férteis). Em outubro passado, o ministério sul africano (DAFF) apresentou ao Mapa proposta de CZI para respaldar essas exportações.

Com informações da Assessoria de Imprensa do Mapa

 




MERCADO +

DataProdutoValor
22/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,99
22/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,15

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies