31 jul 2017

Acordo UE-Mercosul motiva encontro do setor avícola da América do Sul

Acordo UE-Mercosul motiva encontro do setor avícola da América do Sul


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Nos próximos dias 1 e 2 de agosto, presidentes de entidades do setor avícola da América do Sul estarão reunidos em São Paulo de olho na concretização do Acordo União Europeia e Mercosul.

“Estamos tentando fortalecer nossos laços com vistas à abertura do acordo União Europeia e Mercosul, que esperamos aconteça, segundo notícias, esse ano”, salientou Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA, durante entrevista coletiva à imprensa no início do mês de julho.

O encontro, que acontece na sede da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), contará com a presença de membros da área regional Sul da Associação Latinoamericana de Avicultura (ALA). Segundo a assessoria de imprensa da ABPA, além do Brasil, estão confirmadas as presenças de representantes da Bolívia, Chile, Paraguai, Argentina, Equador, Peru e Uruguai.

Também durante a coletiva no início de julho, o diretor de relações institucionais da ABPA, Ariel Antônio Mendes, explicou que um dos principais focos do encontro é a questão da prevenção a Influenza Aviária. “A Influenza Aviária é uma doença transfronteiriça e o risco é de, se ela entrar em um país, que ela acabe afetando outros países também”, observou.

A legislação brasileira ( Lei 13288/2016) para o sistema de integração também será debatida durante o encontro. A referida Lei dispõe sobre os contratos de integração vertical nas atividades agrossilvipastoris e deverá ser discutida, segundo Ariel, sob o aspecto de sua importância enquanto ação preventiva.

O debate sobre a experiência sanitária brasileira contará com a participação do Secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Eumar Novacki, e do Diretor de Saúde Animal do ministério, Guilherme Figueiredo Marques, que também é presidente da Comissão Regional da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) para as Américas. Confirmaram presença ainda o representante da Secretaria de Relações Internacionais do MAPA, Leandro Feijó, e o coordenador de Assuntos Regulatórios e de Qualidade do Sindirações, Bruno Caputi.

Barreiras sanitárias, ou barreiras não-tarifárias, no comércio internacional, também serão debatidas, assim como a construção de propostas para a reestruturação da ALA, dentro de um novo modelo de gestão. “A ideia é transformar a ALA numa organização mais participativa e com uma atuação mais efetiva, porque a América Latina, de um modo geral, e a América do Sul têm uma condição bastante privilegiada para produzir aves e suínos porque têm clima, milho e soja, que são a base da alimentação”, explicou Ariel Mendes.

O presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra, e o vice-presidente de mercados da entidade (e também vice-presidente do International Poultry Council), Ricardo Santin, farão uma apresentação sobre o modelo associativo e a estrutura de gestão da ABPA e do IPC. “Será uma oportunidade valiosa de integração de ações entre os vários players do setor produtivo, em torno de questões que impactam todos os países, como a sanidade e as barreiras comerciais”, analisa Turra.

Com informações da Assessoria de Imprensa da ABPA




MERCADO +

DataProdutoValor
18/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,86
18/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,20

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies