24 maio 2017

Ação na China deve gerar R$9 mi em negócios



AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

As missões brasileira à China ocorridas entre os dias 15 e 19 de maio, deverá gerar US$ 9 milhões em novos negócios para os exportadores brasileiros. A informação foi divulgada hoje (24/5) pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que comandou o trabalho junto a oito empresas produtoras e exportadoras de aves, ovos e suínos.

Uma das ações foi desenvolvidas durante a SIAL China, realizada em Xangai, onde os exportadores brasileiros de carne de aves e suínos contaram com uma área exclusiva. “A China segue como um parceiro valioso, em um momento especialmente importante para a cadeia exportadora de proteína animal. Há um esforço concentrado para fortalecer a imagem internacional de nosso setor, gerando novas oportunidades para o país. O saldo da ação em Xangai indica a continuidade de uma relação importante para chineses e brasileiros”, analisa Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.

Para o coordenador de promoção de negócios da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), parceira na realização das ações, Rafael Prado, este valor de negócios alcançado é resultado de uma combinação de fatores. “As carnes brasileiras tradicionalmente rendem bons resultados na feira. Um diferencial para este resultado inédito obtido na SIAL 2017 foi a seleção adequada das empresas e produtos que vieram na delegação, além do posicionamos as tradings do mercado de carne em um pavilhão que deu maior visibilidade ao produto brasileiro”, avalia Rafael.

Além de reuniões programadas com as empresas brasileiras, a ação contou com a distribuição de materiais promocionais em inglês e mandarim com informações sobre a cadeia produtora de proteína animal do Brasil, além de contatos das empresas exportadoras. Mais de 2 mil importadores e potenciais clientes da China visitaram o espaço em busca de informações e novas oportunidades de negócios.

Além da Sial China, a ABPA participou de um seminário sobre a cooperação entre brasileiros e chineses para o abastecimento de alimentos. Na ocasião, o gerente de relações com o mercado da associação, José Luiz Pimenta, destacou as estratégias da cadeia exportadora de proteína animal brasileira nos mercados importadores, com foco na complementariedade da produção, auxiliando a segurança alimentar da população local com o fornecimento de produtos com alta qualidade.

Com informações da Assessoria de Imprensa da ABPA e APEX-Brasil




MERCADO +

DataProdutoValor
22/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,99
22/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,15

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies