14 maio 2019

Abate de frangos cai 2% no primeiro trimestre de 2019

Amazonas frangos covid 19


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

O número de frangos abatidos no primeiro trimestre de 2019 caiu 2% no Brasil, comparado ao mesmo período de 2018, segundo a Pesquisa Trimestral de Abate de Animais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Enquanto nos três primeiros de 2019 foram abatidos 1,45 bilhão de cabeças de frangos, no mesmo período de 2018 o número de aves abatidas foi 1,47 bilhão.

Comparado ao aos três últimos meses de 2018, quando foram abatidos 1,42 bilhão de cabeças de frangos, o número de aves abatidas no primeiro trimestre de 2019 aumentou 2,3%.

Ainda segundo  o IBGE, o peso acumulado das carcaças foi de 3,39 milhões de toneladas no 1o trimestre de 2019. Esse total representou acréscimo de 1,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e queda de 2,0% frente ao mesmo período de 2018.

Está gostando desse conteúdo? Cadastre-se para receber nossa newsletter semanal!

Paraná

Os dados divulgados nesta terça-feira (14/5) pelo IBGE ainda não são referentes ao levantamento completo e, por isso, ainda não é possível a consulta pública dos dados específicos relativos a cada estado da Federação.

Porém, números divulgados na semana passada pelo Sindiavipar (Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná), dão conta de que o estado registrou seu melhor primeiro trimestre da história, no que se refere ao abate de frangos.

Segundo o Sindiavipar , no Paraná foram abatidos 460,6 milhões de frangos entre janeiro e março de 2019. O número supera em 1,3% o melhor índice já registrado na região, no primeiro trimestre de 2017, quando foram abatidos 454,6 milhões de frangos.

Na comparação com o mesmo período de 2018, quando foram abatidos 449,2 milhões de frangos, a alta é de 2,5%.

O mercado vem registrando aumento da demanda pela carne de frango, principalmente em decorrência dos casos de PSA (Peste Suína Africana) na China, que vêm reduzindo a oferta local de carne suína e elevando a necessidade de aquisição de proteínas alternativas para o abastecimento do seu mercado interno.

Segundo a analista sênior de proteínas do Rabobank,  Christine McCracken, a carne de frango, prevista para ser a proteína animal mais consumida do mundo até o ano de 2020, deverá ter sua rota de ascenção acelerada. A informação foi passada pela especialista aos membros do IPC (International Poultry Council), durante sua reunião do primeiro semestre, em New Orleans (Luisiana – EUA).

Com informações da Agência de Notícias do IBGE




MERCADO +

DataProdutoValor
18/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,86
18/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,20

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies