27 jan 2021

Poedeiras: uma Visão Geral dos 60 anos dos experimentos de Performance de Aves da Carolina do Norte

get_the_title



AUTOR(ES)

Ivan Bedetti

Hendrix Genetics

Teun van de Braak

Já se passaram mais de 60 anos desde que o 1º Experimento de Amostragem Aleatória em Aves Poedeiras foi realizado na Carolina do Norte. Nesses 60 anos, muita coisa mudou: não apenas o nome do teste (mudou 4 vezes), mas também as linhagens e os sistemas de alojamento testados.

Aproveitamos esta oportunidade para analisar o progresso no desempenho e para destacar várias das melhorias impressionantes que têm sido realizadas através da seleção genética.

genética poedeirasEVOLUÇÃO DAS AVES

Você não se surpreenderia se disséssemos que com resultado de 6 décadas de seleção genética, as aves poedeiras de hoje são claramente diferentes quando comparadas com as aves de 60 anos atrás.

As aves agora são muito mais eficientes e capazes de produzir seu primeiro ciclo de ovos um mês antes. Deve-se notar que as empresas de genética primária estão estabilizando esta característica.

A idade da maturidade sexual tem se mantido estável durante a última década, e isso é importante para permitir que as aves mais jovens tenham o tempo necessário para se desenvolverem bem, com a finalidade de manter boa persistência e permanecer altamente produtiva até o período de descarte.

Viabilidade tem sempre sido uma das principais características a serem selecionadas em nossos programas de melhoramento. Apesar da baixa herdabilidade, um progresso constante tem sido feito ao longo das últimas décadas através de programas de seleção equilibrados.

A mortalidade final total não se reduziu, mas quando se leva em consideração que a duração dos ciclos experimentais foi aumentada em 228 dias (de 500 para 728 dias), pode-se afirmar que foi realizado um progresso impressionante através da seleção genética.

As aves de hoje mostram melhor robustez, permitindo que sejam mantidas por mais tempo em boas condições corporais e boa saúde.

EVOLUÇÃO NO DESEMPENHO

Ao plotar dados de 60 anos de testes nos gráficos 1 e 2, pode-se ver claramente que a seleção genética tem um grande impacto sobre o desempenho das aves.

genética poedeiras A produção de ovos por galinha alojada mais do que dobrou.

Este é o resultado combinado de:

Uma maturidade sexual antecipada, atingindo picos de produção mais altos e, o mais importante,
Melhora da persistência.

Através do aumento da persistência, temos a capacidade de manter as aves por mais tempo, mantendo:

genética poedeiras

Com os ciclos de produção aumentados em mais de 200 dias desde meados dos anos 80, deve-se notar que na grande maioria dos testes que se seguiram, foi aplicada a muda (forçada).

Nota: Os programas de muda foram introduzidos pela primeira vez durante o 26º teste e continuaram através do 40º teste. A muda rápida foi aplicada desde o 26º até o 33º teste, um programa que era muito semelhante aos aplicados na indústria de ovos dos EUA naqueles dias. Durante os últimos 7 testes, programas de muda com restrição alimentar e sem restrição alimentar foram incluídos nos testes. Paralelo aos programas de muda, as aves também foram mantidas em programas de testes mais longos (até 109 semanas de idade) sem aplicar muda, a fim de revelar o verdadeiro desempenho genético das linhagens disponíveis no mercado atual.

genética poedeiras

genética poedeirasCOMPARAÇÃO ENTRE AS AVES POEDEIRAS DE OVOS BRANCOS E VERMELHOS

Na maioria dos testes, as linhagens produzindo ovos brancos tiveram uma vantagem sobre as linhagens produzindo ovos vermelhos. Quando observamos os resultados da última década, pode-se observar que a vantagem das poedeiras de ovos brancos está ficando cada vez maior.

genética poedeiras
Quando olhamos mais de perto os perfis de tamanho dos ovos das aves poedeiras brancas e marrons, podemos ver que a grande diferença média de 5 gramas por ovo em meados dos anos 80 do século passado diminuiu.

Onde o peso médio do ovo das aves poedeiras marrons diminuiu em mais que 3,0 gramas, o peso médio do ovo das aves poedeiras brancas aumentou em 2 gramas.

Como resultado do tamanho comparável dos ovos, mas com o número total de ovos produzidos por fêmea alojada a favor das aves poedeiras brancas, pode-se afirmar que em 30 anos as posições mudaram. A média de massa de ovo diária produzida por galinhas poedeiras está hoje em clara vantagem para as aves poedeiras de ovos brancos.

genética poedeiras

genética poedeirasSELEÇÃO PARA A PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE OVOS

As melhorias na produção de ovos não ocasionaram despesa extra de aumento na ingestão de ração. Quando observamos a relação entre a ração consumida (em gramas) versus ovos produzidos (em gramas) a partir dos últimos 10 testes, podemos ver uma diminuição constante.

Um melhoramento massivo de mais de 25% na eficiência alimentar foi alcançado em menos de 3 décadas, este enorme melhoramento resulta diretamente em um menor impacto da pegada de carbono na produção de ovos, tornando a produção de ovos mais sustentável do que nunca.

genética poedeiras

PARA CONCLUIR

Esta visão geral de 60 anos dos Testes experimentais de Amostragem Aleatória realizados na Universidade da Carolina do Norte destaca claramente as melhorias feitas na produção de ovos durante as últimas 6 décadas.

Um progresso genético constante tem sido realizado através de programas de seleção equilibrados. Grandes investimentos foram feitos em P&D durante a última década e estamos confiantes de que mais progresso genético serão alcançados nas próximas décadas.

Atualmente uma maior produção de ovos por fêmea alojada pode ser alcançada com um menor fornecimento de ração.

A produção global de ovos se tornou ainda mais sustentável, e continuará a melhorar ainda mais no futuro.

Como uma empresa de seleção genética primária, estamos orgulhosos de sermos capazes de dar a nossa contribuição à crescente demanda por alimentos, e estamos confiantes em nossa habilidade de contribuir ainda mais nas décadas vindouras.

Os autores gostariam de expressar uma palavra especial de agradecimento ao Dr. Kenneth E. Anderson, do Departamento de Ciência Avícola da Universidade Estadual da Carolina do Norte, por disponibilizar gratuitamente os dados da 40 NCLP&MT (ken_anderson@ncsu.edu).




MERCADO +

DataProdutoValor
26/02/2021 Congelado +
(kg)
R$ 6,09
26/02/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,11

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
17 - 19/02/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 129,66
R$ 153,48

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil dezembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies